segunda-feira, 4 de junho de 2012

14 Junho 2012

Quinta-feira - Sessão #1171
21h45 Auditório Municipal


É na Terra Não É na Lua (2011)
de Gonçalo Tocha
documentário
180 min, Portugal
crítica: Público
prémio melhor filme Festival Documenta Madrid
premio melhor documentário Festival Internacional de Cinema de São Francisco
prémio melhor filme DocLisboa 2011


sinopse:
Um cinegrafista e um técnico de som chegam ao Corvo em 2007, a ilha mais pequena do arquipélago dos Açores. Bem no meio do Oceano Atlântico, o Corvo é uma grande rocha, 6 km de altura e 4 km de comprimento, com a cratera de um vulcão e uma única aldeia minúscula de 440 pessoas. Gradualmente, essa pequena equipa de filmagem é aceite pela população da ilha como os seus novos habitantes, duas pessoas para juntar a uma civilização de quase 500 anos, cuja história é pouco perceptível, tal é a falta de registros e memórias escritas. Filmado num ritmo vertiginoso ao longo de alguns anos, auto-produzido entre as chegadas, partidas e retornos, "É a Terra não a Lua" desenvolve-se como o diário de bordo de um navio, e acaba como uma colcha de retalhos de descobertas e experiências, que segue a vida contemporânea de uma civilização isolada no meio do mar. Uma longa odisseia cinematográfica atlântica, dividida em 14 capítulos, que combina registros antropológicos, literatura, arquivos perdidos, histórias mitológicas e autobiográficas.

Sem comentários: