sábado, 31 de dezembro de 2016

5 Janeiro de 2017

Quinta-feira - Sessão #1338
21h45 Cine-Teatro Garrett

Cemitério do Esplendor - Rak ti Khon Kaen (2015)


Cemitério do Esplendor - Rak ti Khon Kaen (2015)
de Apichatpong Weerasethakul
com Jenjira Pongpas, Banlop Lomnoi, Jarinpattra Rueangram
122 min, Coreia do Sul
Drama, M/12
crítica: Sight and Sound, NYTimes, Slant, Público [LMO], Público [VC], Público [JM], DN, ÀPaladeWalsh

Cemitério do Esplendor - Rak ti Khon Kaen (2015)

sinopse:
Numa pequena aldeia da Tailândia, vários soldados são vítimas de uma estranha doença do sono. Uma escola primária abandonada converte-se então numa espécie de enfermaria, onde recebem os cuidados necessários para se manterem vivos. Os médicos tentam encontrar forma de os despertar, incluindo a terapia de luz colorida, para aliviar os seus sonhos agitados. Jenjira, uma das voluntárias que ali trabalham, sente um especial carinho por Itt, um jovem soldado que nunca recebe visitas. Ela torna-se amiga de Keng, uma médium que usa os seus poderes para fazer de "ponte" entre os familiares desesperados e os espíritos dos soldados adormecidos. Um dia, Jenjira tem um estranho encontro com duas mulheres que lhe dizem que a escola está situada em cima de um cemitério de antigos reis que usam a força dos jovens nas suas guerras… Apresentado na secção Un Certain Regard do Festival de Cinema de Cannes, "Cemitério do Esplendor" conta com a realização do aclamado realizador Apichatpong Weerasethakul ("Febre Tropical", "O Tio Boonmee…", "Mekong Hotel"). [ PÚBLICO ]


sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Programação Dezembro 2016

1 Dezembro
Se as Montanhas se Afastam - Shan he gu ren (2015)
de Jia Zhang-ke

Se as Montanhas se Afastam - Shan he gu ren (2015) de Jia Zhang-ke


8 Dezembro
Julieta (2016)
de Pedro Almodóvar

Julieta (2016) de Pedro Almodóvar

15 Dezembro
Boi Neon (2015)
de Gabriel Mascaro

Boi Neon (2015) de Gabriel Mascaro


22 Dezembro
Dersu Uzala - A Águia da Estepe  (1975)
de Akira Kurosawa

Dersu Uzala - A Águia da Estepe  (1975) de Akira Kurosawa


29 Dezembro
Café Society (2016)
de Woody Allen

Café Society (2016) de Woody Allen

29 Dezembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1337
21h45 Cine-Teatro Garrett

Café Society (2016) de Woody Allen

Café Society (2016)
de Woody Allen
com Jesse Eisenberg, Kristen Stewart, Steve Carell
96 min, EUA
crítica: NYTimes, TheGuardian, Slant, Público [LMO], Público [JM], DN, DN

Café Society (2016) de Woody Allen

sinopse:
EUA, década de 1930. O jovem Bobby sonha conquistar fama e fortuna. Decidido a alcançar o estrelato, deixa Nova Iorque e ruma a Los Angeles, onde tenciona valer-se dos contactos do tio, Phil Stern, um famoso agente que fez carreira em Hollywood. Bobby consegue o emprego de mensageiro na empresa do tio. É então que conhece e se apaixona perdidamente por Vonnie, a belíssima secretária de Phil. Ao contrário de todos os que a rodeiam, ela olha com algum desdém para todo o "glamour" da indústria cinematográfica. Mas, para infortúnio de Bobby, ela está romanticamente envolvida com outra pessoa. Com realização e argumento do veterano Woody Allen, uma comédia romântica que conta com Jesse Eisenberg, Kristen Stewart, Steve Carell, Parker Posey, Blake Lively, Corey Stoll, Jeannie Berlin, Ken Stott e Tony Sirico, entre outros. [ PÚBLICO ]

22 Dezembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1336
21h45 Cine-Teatro Garrett

Dersu Uzala - A Águia da Estepe - Dersu Uzala (1975) de Akira Kurosawa

Dersu Uzala - A Águia da Estepe - Dersu Uzala (1975)
de Akira Kurosawa
com Maksim Munzuk, Suimenkul Chokmorov, Yuri Solomin
140 min, Japão / URSS
Drama, M/12
Vencedor Óscar de Melhor Filme Estrangeiro
crítica: NYTimes, TheGuardian, Público [LMO]

Dersu Uzala - A Águia da Estepe - Dersu Uzala (1975) de Akira Kurosawa

sinopse:
Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em plena Guerra Fria, este filme soviético assinado pelo japonês Akira Kurosawa ("Os Sete Samurais", "Rapsódia em Agosto", "Ainda Não!") é imperdível. A história é sobre um explorador russo, Vladimir Arseniev (Yuri Solomin) que, no início do século XX, durante uma expedição à Sibéria, com o objectivo de fazer um levantamento topográfico da região, encontra e torna-se amigo de Dersu Uzala (Maksim Munzuk), um espécie de homem-gnomo que conhece aquelas florestas como ninguém e que lhe servirá de guia. "Dersu Uzala - A Águia da Estepe" é um filme cuja acção é deliberadamente lenta e que coloca dois homens em harmonia um com o outro e com a natureza (a ecologia é umas das mensagens do filme de Kurosawa). O filme foi distinguido pelos sindicatos da crítica francesa e italiana e foi galardoado com o Prémio de Ouro no Festival Internacional de Cinema de Moscovo. [ PÚBLICO ]

15 Dezembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1335
21h45 Cine-Teatro Garrett

Boi Neon (2015) de Gabriel Mascaro

Boi Neon (2015)
de Gabriel Mascaro
com Juliano Cazarré, Maeve Jinkings, Josinaldo Alves
Drama, M/12
101 min, Brasil
Vencedor Prémio Júri no Festival de Veneza
crítica: NYTimes, Slant, Público [LMO], DN, DN, ÀPaladeWalsh

Boi Neon (2015) de Gabriel Mascaro

sinopse:
Desde muito jovem que Iremar trabalha nas vaquejadas, rodeios tradicionais do Nordeste brasileiro em que dois vaqueiros têm de emparelhar um touro até uma faixa de cal riscada no chão onde o terão de derrubar. A sua vida é na estrada, percorrendo milhares de quilómetros de camião na companhia de Zé, o seu parceiro de arena, de Galega, uma matriarca forte e determinada, e de Cacá, a filha desta. Apesar de se sentir bem neste meio, o grande sonho de Iremar é fazer carreira como estilista no Pólo de Confecções do Agreste. Com isso em mente, ele recolhe inspiração por todas as localidades por onde passa, em revistas, tecidos ou manequins velhos. Com argumento e realização de Gabriel Mascaro ("Ventos de Agosto"), "Boi Neon" conta com a participação dos actores Juliano Cazarré, Maeve Jinkings, Vinicius de Oliveira, Samya De Lavor, Alyne Santana e Josinaldo Alves. [ PÚBLICO ]

8 Dezembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1334
21h45 Cine-Teatro Garrett

Julieta (2016) de Pedro Almodóvar

Julieta (2016)
de Pedro Almodóvar
com Adriana Ugarte, Rossy de Palma, Emma Suárez
99 min, Espanha
Drama, Romance, M/14
Selecção Oficial Festival de Cannes
crítica: Sight and SoundTheGuardian, Slant, Público [JM], DN, ÀPaladeWalsh

Julieta (2016) de Pedro Almodóvar

sinopse:
Julieta está decidida a trocar Madrid por Lisboa para acompanhar Lorenzo, o namorado, e recomeçar a sua vida. Um dia, sem que esperasse, cruza-se na rua com Beatriz, uma amiga de Antía, a sua filha. Este encontro vai fazê-la recuar no tempo e relembrar os motivos que a levaram a perder o contacto com a sua única filha durante os últimos doze anos. Por causa disso, Julieta desiste da viagem para Portugal e muda-se para o apartamento onde antes vivia. Lá, escreve uma longa carta a Antía, recordando a sua vida em comum e tudo o que deu origem à separação… Um filme dramático sobre arrependimento e culpa que conta com argumento e realização de Pedro Almodóvar (“A Flor do Meu Segredo”, “Tudo Sobre a Minha Mãe”, “Fala com Ela”, “Má Educação”, “A Pele Onde Eu Vivo”) a partir de três contos de “Fugas”, antologia da Nobel da Literatura Alice Munro. Emma Suárez, Michelle Jenner, Darío Grandinetti, Adriana Ugarte, Rossy de Palma e Pilar Castro dão vida às personagens. [ PÚBLICO ]

1 Dezembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1333
21h45 Cine-Teatro Garrett

Se as Montanhas se Afastam - Shan he gu ren (2015) de Jia Zhang-ke

Se as Montanhas se Afastam - Shan he gu ren (2015)
de Jia Zhang-ke
com Zhao Tao, Zhang Yi, Liang Jing Dong
131 min, China
Drama, M/12
Selecção Oficial Festival Cannes
crítica: NY Times, TheGuardian, FilmCommentSlant, Público [LMO], DN, DNÀPaladeWalsh

Se as Montanhas se Afastam - Shan he gu ren (2015) de Jia Zhang-ke

sinopse:
Uma história em três momentos - 1999, 2014 e 2025 – sobre Tao, uma mulher dividida entre dois pretendentes: Zhang e Liang. O primeiro é o promissor proprietário de uma estação de serviço; o segundo trabalha numa mina de carvão. A decisão de Tao, em 1999, vai ter repercussões definitivas na sua vida, que acompanharemos em 2014 e 2025. Depois do sucesso de “Plataforma” (2000), “Still Life - Natureza Morta” (2006), “24 City” (2008) ou “China - Um Toque de Pecado” (2013), este filme é a oitava longa-metragem do realizador Jia Zhang-ke. A obra pretende ser uma reflexão sobre uma China em profunda mutação e a emigração como a promessa de uma vida melhor. O elenco conta com Zhao Tao, Zhang Yi, Liang Jingdong, Dong Zijian e com a participação especial de Sylvia Chang. [ PÚBLICO ]


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Programação Novembro 2016

3 Novembro
A Academia das Musas - La academia de las musas (2015)
de José Luis Guerín

A Academia das Musas - La academia de las musas (2015) de José Luis Guerín


10 Novembro
não há sessão

17 Novembro
Florence Foster Jenkins - Florence - Uma Diva Fora de Tom (2016)
de Stephen Frears

Florence Foster Jenkins - Florence - Uma Diva Fora de Tom (2016) de Stephen Frears

24 Novembro
O Ornitólogo (2016)
de João Pedro Rodrigues

O Ornitólogo (2016)

24 Novembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1332
21h45 Cine-Teatro Garrett


O Ornitólogo (2016)
de João Pedro Rodrigues
com João Pedro Rodrigues, Paul Hamy, Chan Suan
117 min, Portugal / Brasil / França
M/12, Drama
Prémio Melhor Realizador Festival Locarno
crítica: NY Times, IndieWire, Público [VC], Público [LMO], DN, DN

O Ornitólogo (2016) de João Pedro Rodrigues

sinopse:
Fernando (Paul Hamy) é um ornitólogo solitário que decide pegar no seu caiaque e descer um rio em busca das raras cegonhas pretas, conhecidas por apenas se encontrarem em regiões inóspitas, longe dos olhares humanos. Depois de algum tempo em viagem, distraído com a beleza da paisagem, é surpreendido pelos rápidos e quase morre afogado. Na luta pela sobrevivência, vai confrontar-se com alguns dos seus demónios mais íntimos e medos mais primitivos. Ao encarar-se desta maneira, vai sair de lá um homem irremediavelmente transformado…
Depois de "O Fantasma" (2000) – que entrou no concurso oficial de Veneza -, "Odete" (2005) ou "Morrer como Um Homem" (2009) – ambos em competição em Cannes –, e de "A Última Vez Que Vi Macau" (2012) – que venceu o prémio de Melhor Documentário no Festival de Cinema de Turim (Itália) e uma menção especial do júri do Festival de Cinema de Locarno (Suíça) –, com este filme João Pedro Rodrigues arrecadou, já em 2016, o Leopardo de Melhor Realizador em Locarno. [ PÚBLICO ]

17 Novembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1331
21h45 Cine-Teatro Garrett

sessão inserida no IV Encontro de Música Coral da Póvoa de Varzim

Florence - Uma Diva Fora de Tom (2016) de Stephen Frears

Florence Foster Jenkins - Florence - Uma Diva Fora de Tom (2016)
de Stephen Frears
com Meryl Streep, Hugh Grant, Simon Helberg, John Kavanagh
110 min, Reino Unido
Comédia, Biografia
crítica: NYTimes, Slant, Público [JM], DN

Florence - Uma Diva Fora de Tom (2016) de Stephen Frears

sinopse:
Nova Iorque (EUA), década de 1940. Florence Foster Jenkins (Meryl Streep) é rica, megalómana e apaixonada por canto lírico. Convencida de que tem boa voz, o seu maior sonho é tornar-se uma cantora mundialmente conhecida. Com isso em mente, contrata um dos melhores pianistas da cidade e treina incansavelmente. Até agora, St. Clair Bayfield (Hugh Grant), seu companheiro e agente, conseguiu protegê-la do desgosto de descobrir a terrível verdade: a sua voz fora de tom já lhe valeu a alcunha de "diva do grito". As actuações de Florence ficaram de tal forma famosas que as pessoas pagam para a ver cantar, não tanto pelo talento mas sim como se de uma aberração se tratasse. Quando Florence decide que é o momento de se apresentar em público no Carnegie Hall, uma das mais famosas salas de espectáculos dos EUA para concertos de música clássica, St. Clair fica sem saber o que fazer pois sabe que o risco da humilhação pública é quase uma certeza e que isso a pode deixar totalmente destroçada… Com argumento e realização de Stephen Frears ("Filomena", "A Rainha"), conta a história verídica da soprano amadora Florence Foster Jenkins (1868-1944), que pensava cantar Mozart, Verdi e Strauss como algumas das melhores solistas da época. Para além de Streep e Grant como protagonistas, o elenco conta com Simon Helberg, Rebecca Ferguson e Nina Arianda. [ PÚBLICO ]

3 Novembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1329
21h45 Cine-Teatro Garrett

A Academia das Musas - La academia de las musas (2015) de José Luis Guerín


A Academia das Musas - La academia de las musas (2015)
de José Luis Guerín
com Rosa Delor, Emanuela Forgetta, Patricia Gil, Mireia Iniesta
92 min, Espanha
M/12, Drama / Documentário
crítica: Slant, Público [JM], Público [LMO], DN, DNÀPaladeWalsh

A Academia das Musas - La academia de las musas (2015) de José Luis Guerín

sinopse:
Ao chegar a casa depois de um dia de aulas na universidade, um professor de Filologia é questionado pela sua mulher sobre o projecto académico que tem em mãos. Convencido do poder da arte, e inspirado pelos clássicos, ele propôs-se a criar uma "Academia das Musas" destinada a regenerar o mundo pela poesia, através das míticas figuras que motivam a criação artística. Durante a discussão, o casal faz uma avaliação da sua vida afectiva, ao mesmo tempo que debate vários tópicos filosóficos: o amor, o belo, a subjectividade ou o papel do criador e da criação. A relação dele com as suas alunas, que inevitavelmente acaba por seduzir, acaba por ter repercussões directas no seu casamento e na forma como a esposa o vê. Numa mistura de documentário e ficção, o realizador catalão José Luis Guerín ("Comboio de Sombras", "Dans la Ville de Sylvia") constrói uma história sobre o desejo, a infidelidade e a necessidade de inspiração. Em competição no Festival de Locarno (Suíça) e no Lisbon & Estoril Film Festival (Portugal), este filme arrecadou o Giraldillo de Ouro de Melhor Filme no Festival de Cinema de Sevilha (Espanha). [ PÚBLICO ]

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Programação Outubro 2016

6 Outubro
O Que Está Por Vir - L'avenir (2016)
de Mia Hansen-Love

O Que Está Por Vir - L'avenir (2016) de Mia Hansen-Love

13 Outubro
Cartas da Guerra (2016)
de Ivo M. Ferreira

Cartas da Guerra (2016) de Ivo M. Ferreira


20 Outubro
não há sessão

27 Outubro
Victoria (2015)
de Sebastian Schipper

Victoria (2015) de Sebastian Schipper

27 Outubro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1329
21h45 Cine-Teatro Garrett

Victoria (2015) de Sebastian Schipper

Victoria (2015)
de Sebastian Schipper
com Laia Costa, Frederick Lau, Franz Rogowski
138 min, Alemanha
Drama, Thriller
Vencedor Urso de Prata Festival Berlim
crítica: Sight and Sound, NY TimesSlant, Público [LMO], DN, DN, ÀPaladeWalsh

Victoria (2015) de Sebastian Schipper

sinopse:
Victoria é uma jovem espanhola que se diverte numa discoteca da cidade de Berlim, Alemanha. Lá, ela conhece Sonne, por quem se sente atraída, e Boxer, Blinker e Fuß, os três amigos dele. Os quatro amigos acabam por arranjar problemas e roubar um carro roubado, conduzido por Victoria. O que começou como uma aventura inocente e divertida, acabou por se transformar num pesadelo de proporções inimagináveis… Realizado por Sebastian Schipper segundo um argumento seu, de Olivia Neergaard-Holm e de Eike Frederik Schulz, um filme dramático e ultra-realista que acompanha os actores num único plano-sequência de duas horas e vinte minutos. O elenco conta com a participação de Laia Costa, Frederick Lau, Franz Rogowski, Burak Yigit e Max Mauff.  [ PÚBLICO ]


13 Outubro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1328
21h45 Cine-Teatro Garrett

Cartas da Guerra (2016)  de Ivo M. Ferreira

Cartas da Guerra (2016)
de Ivo M. Ferreira
com Miguel Nunes, Margarida Vila-Nova, Ricardo Pereira
105 min, Portugal
Selecção Oficial Festival Berlim
crítica: Público [LMO], Público [VC], Público [JM], Visão, DN, ÀPaladeWalsh
entrevista ao realizador: DN, Público

+
Cartas da Guerra – Making of (2016)
realizado por Catarina Sousa, que estará presente para apresentar e falar sobre o filme.

Cartas da Guerra (2016) de Ivo M. Ferreira

sinopse:
Ano de 1971. António (Miguel Nunes), de 28 anos, é incorporado no exército português para servir como médico numa das piores zonas da Guerra Colonial, no Leste de Angola. Longe de Maria José (Margarida Vila-Nova), a mulher amada que se viu obrigado a deixar, ele vai matando as saudades através de longas cartas que durante dois anos lhe escreve. Através delas, o espectador vai conhecendo o homem solitário por detrás do soldado, as suas angústias, desejos e esperanças. Com o passar do tempo, António apaixona-se por África e toma posições políticas…
Um filme dramático escrito e realizado por Ivo M. Ferreira ("Águas Mil", "Em Volta"), segundo um argumento seu e de Edgar Medina que se inspira em "D'Este Viver Aqui Neste Papel Descripto: Cartas da Guerra", uma compilação de cartas que António Lobo Antunes (na altura um jovem alferes destacado para Angola) escreveu à mulher. O filme esteve já presente em vários festivais internacionais, entre eles o Festival de Cinema de Berlim (Alemanha). [ PÚBLICO ]

6 Outubro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1327
21h45 Cine-Teatro Garrett

O Que Está Por Vir - L'avenir (2016) de Mia Hansen-Love

O Que Está Por Vir - L'avenir (2016)
de Mia Hansen-Love
com Isabelle Huppert, André Marcon, Roman Kolinka, Edith Scob
100 min, Alemanha / França
Vencedor Prémio Melhor Realizador Festival Berlim
crítica: Sight and Sound, Sight and Sound, Slant, Público [LMO], Público [JM], Visão, DN, DN


O Que Está Por Vir - L'avenir (2016) de Mia Hansen-Love

sinopse:
Nathalie Chazeaux é professora de Filosofia num instituto de Paris (França), onde vive com o marido e os dois filhos. A sua grande paixão é o ensino, ajudando cada um dos seus alunos a pensar e a encontrar o seu lugar no mundo. Tudo lhe parece perfeito até ao dia em que o marido lhe pede o divórcio. Apesar do inevitável choque inicial, ela percebe que este pode ser o momento por que tanto esperava. Com 55 anos e uma enorme vontade de se renovar, Nathalie aproveita aquela sensação de liberdade para recomeçar, dando início a uma nova forma de existência.
Com realização e argumento de Mia Hansen-Løve ("O Pai das Minhas Filhas", "Um Amor de Juventude"), um filme sobre recomeços que conta com Isabelle Huppert, André Marcon, Roman Kolinka e Edith Scob, entre outros.  [ PÚBLICO ]

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Programação Setembro 2016

1 Setembro
O Clube - El Club (2015)
de Pablo Larraín

O Clube - El Club (2015) de Pablo Larraín

8 Setembro
O Amor É Uma Coisa Estranha - Love Is Strange (2014)
de Ira Sachs

O Amor É Uma Coisa Estranha - Love Is Strange (2014) de Ira Sachs


15 Setembro
Andrei Rublev - Andrey Rublyov (1966)
de Andrei Tarkovsky

Andrei Rublev - Andrey Rublyov (1966) de Andrei Tarkovsky

22 Setembro
não há sessão

29 Setembro
O Olmo e a Gaivota (2015)
de Petra Costa, Lea Glob

O Olmo e a Gaivota (2015)

29 Setembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1326
21h45 Cine-Teatro Garrett

O Olmo e a Gaivota (2015) de Petra Costa, Lea Glob

Olmo & the Seagull - O Olmo e a Gaivota (2015)
de Petra Costa, Lea Glob
com Olivia Corsini, Serge Nicolai, Pancho Garcia Aguirre
82 min, Portugal / Brasil / Dinamarca
M/12, Drama
crítica: Público [JM], Público [LMO], LittleWhiteLies, RevistaCinetica, Folha São Paulo,

O Olmo e a Gaivota (2015) de Petra Costa, Lea Glob

sinopse:
Entre a ficção e o documentário, esta obra de Petra Costa e Léa Glob é uma co-produção dinamarquesa, brasileira, portuguesa, francesa e sueca que se foca em Olivia Corsini, uma actriz do Thêatre du Soleil, em Paris (França), que se prepara para fazer de Arkadina na peça A Gaivota, de Tchekhov, num palco em Nova Iorque (EUA). Só que Olivia e o namorado, o colega Serge Nicolai, percebem que ela está grávida e isso complica todo o trabalho na peça, já que não convém que a protagonista tenha uma barriga grande. A própria gravidez não é, aliás, encarada de forma completamente pacífica... A ideia do filme é fazer uma viagem pela mente da actriz. Segmentos encenados misturam-se com o registo documental, não dando certezas ao espectador sobre se o que está a ver é ou não verdadeiro, e esbatendo as fronteiras entre a realidade e a representação. A produção executiva é do actor norte-americano Tim Robbins. [ PÚBLICO ]

15 Setembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1325
21h45 Cine-Teatro Garrett

Andrei Rubliov - Andrey Rublyov


Andrei Rublev - Andrey Rublyov (1966)
de Andrei Tarkovsky
com Anatoli Solonitsyn, Ivan Lapikov, Nikolai Grinko, Nikolai Sergeyev
178 min, URSS
Drama, Guerra
crítica: NYTimes, NYTimes, Criterion, TheGuardian, DN

Andrei Rubliov - Andrey Rublyov (1966) de Andrei Tarkovsky

sinopse:
"Andrei Rubliov" é uma interpretação da vida do célebre pintor de ícones do século XV pelo cineasta soviético Andrei Tarkovsky. Apesar do título o sugerir, não se trata de um filme biográfico, mas de uma viagem visual e reflexiva sobre a vida medieval, a História e a Arte. Construído a partir de oito episódios da vida de Andrei Rubliov, revela, num estilo narrativo muito próprio, o percurso de um homem solitário que dedica a vida à Arte. Rubliov (Anatoli Solonitsyn) é um monge artista tentado por uma mulher sensual, que o faz duvidar da sua capacidade para continuar a sua obra. O filme, rodado em 1966, foi alvo de censura até 1971. Andrei Tarkovsky ganhou o prémio FIPRESCI do Festival de Cannes de 1969 e o prémio de melhor filme estrangeiro do Sindicato Francês de Críticos de Cinema. [ PÚBLICO ]


8 Setembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1324
21h45 Cine-Teatro Garrett

O Amor É Uma Coisa Estranha - Love Is Strange (2014)

O Amor É Uma Coisa Estranha - Love Is Strange (2014)
de Ira Sachs
com John Lithgow, Alfred Molina, Marisa Tomei, Tatyana Zbirovskaya
94 min, EUA / França
Drama, M/12
crítica: Sight and Sound, NYTimes, Slant, Público [JM], Público [LMO], DN

O Amor É Uma Coisa Estranha - Love Is Strange (2014) de Ira Sachs

sinopse:
Depois de quase quatro décadas de vida em comum e entusiasmados com a aprovação do casamento de pessoas do mesmo sexo, Ben e George decidem oficializar a sua relação. A celebração é especial e eles sentem-se particularmente felizes por poderem, finalmente, viver aquele momento de partilha com os seus amigos e familiares. Porém, quando menos esperam, Ben é despedido do seu emprego como professor de coro num colégio católico. A razão é simples: as autoridades eclesiásticas não aprovam o casamento entre homossexuais. Sem economias, e cientes de que os trabalhos artísticos de George não lhes podem garantir o sustento, vêem-se obrigados a deixar o espaçoso apartamento que sempre partilharam em Nova Iorque (EUA). Até encontrarem um lugar que possam pagar, têm de recorrer à generosidade dos que lhes são mais próximos. Ben hospeda-se em casa de um sobrinho, com a sua mulher e filho adolescente, enquanto George fica em casa de amigos. Mas a nova vida em lares temporários torna-se bastante mais desgastante do que poderiam imaginar…
Estreado, em 2014, no Festival de Cinema de Sundance (EUA), um drama multigeracional sobre amor e relações humanas, que conta com a realização de Ira Sachs ("Forty Shades of Blue", "Casamentos e Infidelidades", "Deixa as Luzes Acesas"), segundo um argumento seu e de Mauricio Zacharias. John Lithgow, Alfred Molina, Marisa Tomei, Tatyana Zbirovskaya, Charlie Tahan, Cheyenne Jackson, Manny Perez e Charlie Tahan dão vida às personagens. [ PÚBLICO ]

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

1 Setembro de 2016

Quinta-feira - Sessão #1323
21h45 Cine-Teatro Garrett

O Clube - El Club (2015) de Pablo Larraín

O Clube - El Club (2015)
de Pablo Larraín
com Alfredo Castro, Roberto Farías, Antonia Zegers
98 min, Chile
Drama, M/18
Filme vencedor do Grande Prémio do Júri no Festival de Berlim
Nomeado para Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro
crítica: Sight and Sound, NYTimes, Slant, Público [LMO], Público [JM]

O Clube - El Club (2015) de Pablo Larraín

sinopse:
Quatro sacerdotes vivem isolados numa velha casa junto ao mar, em La Boca (Chile). A única companhia é uma freira que cuida deles e lhes vigia os passos. Pecadores, eles foram excomungados pela Igreja e estão ali para expiarem os crimes mais ignóbeis. Tudo acontece rigorosamente como o esperado e cada dia que passa nada altera as suas vidas. Até que é para lá enviado um quinto homem, também caído em desgraça. A sua chegada vai transformar toda a dinâmica da casa, fazendo-os regressar ao passado e reavivando as suas culpas e dores. Escrito e realizado pelo chileno Pablo Larraín ("Tony Manero", "Post Mortem", "Não"), um filme dramático que arrecadou o Grande Prémio do Júri no Festival de Cinema de Berlim e foi também nomeado para Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro. A Alfredo Castro, o "actor-fetiche" de Larraín, juntam-se Roberto Farías, Antonia Zegers, Marcelo Alonso e Jaime Vadell, entre outros.


quinta-feira, 28 de julho de 2016

Programação Agosto 2016

4 Agosto
Anomalisa (2015)
de Duke Johnson, Charlie Kaufman

Anomalisa (2015) de Duke Johnson, Charlie Kaufman

11 Agosto
Ensurdecedor - Louder Than Bombs (2015)
de Joachim Trier

Ensurdecedor - Louder Than Bombs (2015) de Joachim Trier

18 Agosto
A Lagosta - The Lobster (2015)
de Yorgos Lanthimos

A Lagosta - The Lobster (2015) de Yorgos Lanthimos


25 Agosto
Sing Street (2016)
de John Carney

Sing Street (2016) de John Carney