quarta-feira, 21 de junho de 2017

Próximo Filme



dia 22 e 29 de Junho não se realizam sessões.

2 Julho - Domingo 16h
O Poder da Música - Of Mind and Music (2014)
de Richie Adams

com a presença de Joaquim de Almeida.

O Cineclube Octopus gostaria de informar da sessão especial que se realizará excepcionalmente a um domingo, dia 2 de julho, às 16:00, no Cine-Teatro Garrett.

Em parceria com o Centro Hospitalar Póvoa de Varzim - Vila do Conde, o Cineclube poveiro exibe o filme “O Poder da Música” de Richie Adams (EUA - 98 min.), organizando no final da sessão uma tertúlia com a presença do próprio ator protagonista, o português Joaquim de Almeida, e com o médico psiquiatra do Centro Hospitalar, Dr. Nuno Campeão.

A tertúlia será moderada pelo jornalista da RTP, Mário Augusto, que para além cinema colocará o foco na temática do filme: a música, a saúde mental e, mais em concreto, a doença de Alzheimer. Da qual o ator Joaquim de Almeida dará também um testemunho muito pessoal e doloroso acerca da vivência com esta doença.

Como acreditamos que esta é uma oportunidade única e excelente para se assistir a uma sessão do Cineclube Octopus mas, mais ainda, para se ganhar consciência sobre a realidade desta doença silenciosa que afeta mais gente do que se imagina, convocamos todos os poveiros para assistirem ao filme e para ouvirem os ilustres convidados.


2 Julho 2017

Domingo - Sessão #1362
16h Cine-Teatro Garrett

O Poder da Música - Of Mind and Music (2014) de Richie Adams


O Cineclube Octopus gostaria de informar da sessão especial que se realizará excepcionalmente a um domingo, dia 2 de julho, às 16:00, no Cine-Teatro Garrett.

Em parceria com o Centro Hospitalar Póvoa de Varzim - Vila do Conde, o Cineclube poveiro exibe o filme “O Poder da Música” de Richie Adams (EUA - 98 min.), organizando no final da sessão uma tertúlia com a presença do próprio ator protagonista, o português Joaquim de Almeida, e com o médico psiquiatra do Centro Hospitalar, Dr. Nuno Campeão.

A tertúlia será moderada pelo jornalista da RTP, Mário Augusto, que para além cinema colocará o foco na temática do filme: a música, a saúde mental e, mais em concreto, a doença de Alzheimer. Da qual o ator Joaquim de Almeida dará também um testemunho muito pessoal e doloroso acerca da vivência com esta doença.

Como acreditamos que esta é uma oportunidade única e excelente para se assistir a uma sessão do Cineclube Octopus mas, mais ainda, para se ganhar consciência sobre a realidade desta doença silenciosa que afeta mais gente do que se imagina, convocamos todos os poveiros para assistirem ao filme e para ouvirem os ilustres convidados.


O Poder da Música - Of Mind and Music (2014) de Richie Adams

O Poder da Música - Of Mind and Music (2014)
de Richie Adams
com Joaquim de Almeida, Ruth Negga, Aunjanue Ellis, Bill Cobbs
98 min, EUA
Drama, M/12
crítica: Hollywood Reporter, LaWeekly, ReelFilm
imprensa: Rtp, Sic, Radio Renascença

sinopse:
Álvaro Cruz  (Joaquim de Almeida) é um neurologista conceituado que assistiu ao lento e inexorável deteriorar da saúde mental da sua mãe, doente de Alzheimer. Apesar de todos os esforços, nenhuma das suas pesquisas puderam impedir o terrível desfecho. Quando ela morre, ele vê-se a deambular pela cidade de Nova Orleães (EUA), encontrando consolo nas músicas que vai ouvindo pelas ruas. Lá ele fica particularmente fascinado com dois artistas muito especiais: Una Vida (Aunjanue Ellis), uma cantora de alguma idade cuja voz cativante parece vir de um outro mundo; e Stompleg (Bill Cobbs), o velho e prodigioso guitarrista que a acompanha. Ao regressar, dia após dia, para os ouvir, Cruz apercebe-se que Una Vida, tal como a sua mãe, sofre de Alzheimer e que os seus sintomas se atenuam sempre que partilha a sua música. Curioso e emocionalmente ligado àquele caso, decide ajudá-la…
Realizado por Richie Adams (“Inventing Adam”), um filme dramático sobre a demência que se baseia no romance homónimo de Nicolas Bazan, um neurocientista especializado no tema que, ao lado de Adams, também participa no argumento. [ PÚBLICO ]

sexta-feira, 9 de junho de 2017

14 Junho de 2017

Quarta-feira - Sessão #1361
21h45 Cine-Teatro Garrett

A Cidade Perdida de Z (2016)
de James Gray
com Charlie HunnamTom HollandRobert PattinsonSienna Miller
140 min, EUA
M/12, Aventura, Biografia
crítica: Público [LMO]Público [VC]DNÀ Pala de WalshThe GuardianC7NEMA


Em 1906, o inglês Percy Fawcett (1867-1925) inicia uma série de expedições à América do Sul. A princípio, as missões destinavam-se a cartografar as fronteiras entre a Bolívia e outros países, seguindo o curso dos afluentes do Amazonas para a Royal Geographic Society; mais tarde, como entusiasta da antropologia – ciência que dava os primeiros passos–, queria compreender a fundo as culturas indígenas. Fawcett era, simultaneamente, um visionário e um homem obcecado com a ideia de descobrir, em pleno século XX, as extraordinárias cidades de que falavam os conquistadores espanhóis que primeiro chegaram às Américas. Em 1925, depois de muitas partidas e regressos a Inglaterra, convidou Jack, o filho mais velho, para o acompanhar numa missão em busca da chamada "cidade perdida de Z". Cruzando lendas antigas com o estudo de vários registos históricos, convenceu-se que se situava algures na Serra do Roncador, no Mato Grosso (Brasil). Antes de partir na que se tornaria a sua derradeira expedição, deixou uma nota a dizer que, caso não regressasse, ninguém o deveria tentar resgatar. A sua última mensagem foi recebida a 29 de Maio de 1925, quando telegrafou à mulher explicando que ia entrar num território inexplorado, na companhia de Jack e de Raleigh Rimmell, um amigo. Depois disso, nunca mais ninguém teve notícias. Durante décadas, foram organizadas expedições de resgate, sem sucesso. A região onde supostamente existiria Z continua hoje praticamente inexplorada.

Adaptação ao grande ecrã da obra de não-ficção escrita pelo jornalista norte-americano David Grann, um filme que relata as aventuras do explorador inglês Percy Fawcett. A realização e o argumento ficam a cargo de James Gray ("Viver e Morrer em Little Odessa", "A Emigrante"). O elenco conta com Charlie Hunnam, Robert Pattinson, Sienna Miller, Tom Holland e Matthew Sunderland, entre outros. PÚBLICO




domingo, 4 de junho de 2017

Próximo Filme


8 Junho
Neruda
de Pablo Larraín

8 Junho de 2017

Quinta-feira - Sessão #1360
21h45 Cine-Teatro Garrett
Neruda (2016)
de Pablo Larraín
com Gael García BernalLuis GneccoMercedes Morán
107 min, ESP/FRA/EUA/ARG/Chile
M/12, Drama, Biografia
crítica: Público [VC]Público [JM]DNC7NEMAThe GuardianSight and Sound


Chile, 1948. No Congresso, o senador Ricardo Eliécer Neftalí Reyes Basoalto (Luis Gnecco) – também conhecido por Pablo Neruda, o seu pseudónimo literário – critica ferozmente o Governo e a sua repressão anticomunista. Por esse motivo, o presidente Gabriel González Videla (Alfredo Castro) exige a sua destituição imediata e inicia uma perseguição. Neruda e a mulher, a pintora Delia del Carril (Mercedes Morán), refugiam-se sob nomes falsos no sul do país. No seu encalço, para onde quer que se movam, têm o temível inspector Óscar Peluchonneau (Gael García Bernal). Esta perseguição acaba por se transformar num jogo quase divertido, em que Neruda deixa pistas ao seu inimigo, à medida que se reinventa como personagem literária e também como símbolo de liberdade...

Assinado pelo realizador chileno Pablo Larraín ("Tony Manero", "Post Mortem", "O Clube"), segundo um argumento de Guillermo Calderón, um filme policial onde a verdade se mistura com a ficção. Nas palavras de Larraín, este é "mais um filme ‘nerudiano' do que um filme sobre Neruda, a menos que, eventualmente, tenhamos feito ambos. Seja como for, 'escrevemos' um romance. Um romance que gostaríamos que Neruda tivesse lido". PÚBLICO