terça-feira, 29 de maio de 2018

12 Julho 2018

Quinta-feira - Sessão #1413
21h45 Cine-Teatro Garrett
Frantz (2016)
de François Ozon
com Pierre NineyPaula BeerErnst StötznerAnton von Lucke
113min, FRA/ALE
Drama, Histórico, Guerra, M/12
crítica: SLANTNY timesThe GuardianSIGHT n' SOUNDPúblico (LMO)

Alemanha, 1919. O pesadelo da Primeira Grande Guerra chegou finalmente ao fim. Após a morte em combate do seu noivo, Frantz, Anna vive com os sogros numa pequena aldeia. Incapaz de lidar com a perda, todos os dias visita a campa do seu amado. Um dia, dá-se conta da presença de Adrien, um ex-soldado francês que afirma ser amigo de Frantz. Com o passar do tempo, sobre o luto do soldado morto, uma estranha ligação surge entre os dois… Um filme dramático realizado e co-escrito pelo aclamado realizador francês François Ozon ("Sob a Areia", "Swimming Pool", "O Tempo Que Resta", "Potiche - Minha Rica Mulherzinha", "Dentro de Casa"), com Pierre Niney, Paula Beer e Ernst Stötzner nos papéis principais. PÚBLICO



05 Julho 2018

Quinta-feira - Sessão #1412
21h45 Cine-Teatro Garrett
Isle of Dogs (2018) - Ilha dos Cães
de Wes Anderson
com Bryan Cranston (Voz)Koyu Rankin (Voz)Edward Norton (Voz)Bill Murray (Voz)Greta Gerwig (Voz)Frances McDormand (Voz)Scarlett Johansson (Voz)Harvey Keitel (Voz)
101min, ANDORRA/EUA
Animação, M/12
crítica: SLANTNY timesThe GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de WalshPúblico (LMO)

Num futuro não muito distante, na fictícia cidade japonesa de Megasaki, a população canina atingiu proporções tão alarmantes que o presidente da Câmara, um homem ambicioso e sem escrúpulos, decidiu expulsar todos os cães e colocá-los numa enorme lixeira isolada. Nesse lugar, os animais tentam sobreviver, já sem esperança de regressar à sua antiga vida. Até que um dia, pilotando uma pequena avioneta, lhes aparece Atari, um rapaz de 12 anos que ali chega determinado a encontrar Spots, o seu adorado cão. Os rafeiros, animados com a sua chegada, resolvem ajudá-lo a procurar o amigo perdido. Assim começa uma grande amizade que acabará por mudar o rumo dos acontecimentos… Com realização e argumento de Wes Anderson ("Os Tenenbaums - Uma Comédia Genial", "The Darjeeling Limited", "O Fantástico Senhor Raposo", "Moonrise Kingdom", "Grand Budapest Hotel"), um filme de animação em "stop motion" que conta com as vozes de Koyu Rankin, Scarlett Johansson, Greta Gerwig, Frances McDormand, Bryan Cranston, Edward Norton, Bill Murray, Harvey Keitel e Yoko Ono. PÚBLICO



segunda-feira, 28 de maio de 2018

Programação Junho/Julho 2018

07 Junho
de Gonçalo Galvão TelesJorge Paixão da Costa



14 Junho
The Death of Stalin (2017) - A Morte de Estaline
de Armando Iannucci




05 Julho
Isle of Dogs (2018) - Ilha dos Cães
de Wes Anderson


12 Julho
de François Ozon





14 Junho 2018

Quinta-feira - Sessão #1411
21h45 Cine-Teatro Garrett

The Death of Stalin (2017) - A Morte de Estaline
de Armando Iannucci
com Steve BuscemiOlga KurylenkoJason Isaacs
106min, FRA/GB
Comédia Dramática, Biografia, M/12
crítica: SLANTNY timesThe GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de WalshPúblico (JM)

Março de 1953. Depois de 30 anos a governar a União Soviética sob um regime ditatorial, Joseph Estaline morre. Nos dias imediatamente a seguir, os membros do comité do Partido Comunista, outrora fiéis seguidores do ditador, revelam a sua sede de poder. O cargo de líder está livre e pode pertencer-lhes. Os dados estão lançados. Vencerá quem for mais hábil na manipulação e traição. Adaptação da novela gráfica com o mesmo nome, da autoria dos franceses Fabien Nury e Thierry Robin, uma comédia negra em tom de sátira política, assinada por Armando Iannucci ("Em Inglês, S.F.F."). Estreado em 2017, no Festival de Cinema de Toronto, o teor deste filme causou muita controvérsia entre políticos e figuras das artes de vários ex-membros da União Soviética. Foi banido na Bielorrússia, no Cazaquistão, no Quirguistão e na Rússia. Os actores Steve Buscemi, Simon Russell Beale, Jeffrey Tambor, Paddy Considine, Tom Brooke, Olga Kurylenko, Justin Edwards e Michael Palin, entre outros, dão vida às personagens. PÚBLICO



07 Junho 2018

Quinta-feira - Sessão #1410
21h45 Cine-Teatro Garrett
Soldado Milhões (2018)
de Gonçalo Galvão TelesJorge Paixão da Costa
com João ArraisMiguel BorgesRaimundo CosmeIsac GraçaTiago Teotónio PereiraIvo Canelas
85min, POR
Guerra, M/12
crítica: Público [JM], Público [VC], C7NEMA, OBSERVADORExpresso 


Como tantos outros portugueses, Aníbal Augusto Milhais foi enviado como soldado para Flandres (Bélgica) durante a Primeira Grande Guerra. Na madrugada de 9 de Abril de 1918, dezenas de divisões alemãs irromperam pelo sector defendido pela segunda divisão do Corpo Expedicionário Português (CEP). Em poucas horas, naquela que ficaria conhecida como Batalha de La Lys, perderam-se mais de 7.500 homens. Contrariando ordens superiores e armado apenas com uma metralhadora Lewis, Milhais enfrentou sozinho sucessivas ofensivas alemãs, garantindo a retirada de vários companheiros. Pela coragem demonstrada no campo de batalha, foi premiado com a mais alta honraria nacional: a Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito. A 5 de Julho de 1924, o Parlamento alterou o nome da povoação de Valongo, a sua aldeia natal, no distrito de Vila Real, para Valongo de Milhais, em sua honra. No ano em que se assinala o centenário do fim da Primeira Grande Guerra (1914-1918), acompanhamos o percurso do soldado que "se chamava Milhais, mas valia milhões", através de vários relatos e de uma intensa pesquisa documental. Com realização de Gonçalo Galvão Teles ("Gelo") e do veterano Jorge Paixão da Costa ("Adeus Princesa", "O Mistério da Estrada de Sintra", "Jacinta"), segundo um argumento de Mário Botequilha, o filme conta com os actores João Arrais, Miguel Borges, Tiago Teotónio Pereira, Ivo Canelas, Isac Graça e Raimundo Cosme, e com as participações especiais de Lúcia Moniz e António Pedro Cerdeira. PÚBLICO



domingo, 29 de abril de 2018

Programação Maio 2018

3 Maio
Olhares, Lugares (2017) - Visages Villages
de JRAgnès Varda



10 Maio
A Paixão de Van Gogh (2017) - Loving Vincent
de Dorota KobielaHugh Welchman




17 Maio
de Manuel Mozos




24 Maio
Custódia Partilhada (2018) - Jusqu'à la garde
de Xavier Legrand




30 Maio
O Capitão (2017) - Der Hauptmann
de Robert Schwentke



30 Maio 2018

Quarta-feira - Sessão #1409
21h45 Cine-Teatro Garrett
O Capitão (2017) - Der Hauptmann
de Robert Schwentke
com Max HubacherMilan PeschelFrederick Lau
118min, POR/POL/ALE/FRA
Drama/Histórico, M/16
crítica: Público [LMO], Hollywood ReporterScreenDaily
Ano de 1945. Com a chegada dos Aliados, a guerra na Europa está a prestes chegar ao fim. Vários soldados alemães, conscientes da derrota, optam por desertar. Um deles é Willi Herold, de 19 anos. Na sua fuga, o rapaz depara-se com um automóvel abandonado onde encontra uma mala com um uniforme de capitão. Ao vesti-lo, assume a personagem que o representa, sentindo o poder e o estatuto que lhe estão inerentes. É então que, reunindo um grupo de desertores, inicia uma vaga de assassinatos e saques sem misericórdia por todos os lugares por onde passa... Estreado no Festival de Cinema de Toronto, um filme biográfico quase totalmente a preto e branco, realizado pelo alemão Robert Schwentke ("Pânico a Bordo", "A Mulher do Viajante no Tempo", "Red: Perigosos", "Insurgente", "Da Série Divergente: Convergente"), sobre a verdadeira história de Willi Herold, um alemão julgado por crimes de guerra. Este filme é uma co-produção entre a Alfama Films de Paulo Branco, a alemã Filmgalerie 451 e a polaca Opus Film. PÚBLICO



24 Maio 2018

Quinta-feira - Sessão #1408
21h45 Cine-Teatro Garrett

Custódia Partilhada (2018) - Jusqu'à la garde
de Xavier Legrand
com Léa DruckerDenis MénochetThomas GioriaMathilde Auneveux
93min, FRA
Drama, M/12
crítica: The GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de Walsh


Depois de uma separação particularmente difícil, Miriam e Antoine estão a finalizar o processo de divórcio. Têm dois filhos em comum: Joséphine, já com 18 anos, e Julien, de apenas 11. De modo a garantir a segurança dos filhos, uma vez que existe historial de violência por parte do ex-marido, Miriam pede custódia total do mais novo, algo de que Antoine discorda totalmente. Apesar dos argumentos dela e de uma carta à juíza em que Julien explica os motivos de não querer ficar aos cuidados do pai, a magistrada intercede a favor de Antoine e opta pela guarda partilhada. Usado como arma de arremesso por ambos os progenitores, o rapaz tentará encontrar um modo de evitar o pior… Um filme dramático escrito e realizado por Xavier Legrand (que aqui se estreia na longa-metragem mas que, em 2013, foi nomeado para um Óscar pela curta "Avant que de tout perdre"). Os actores Léa Drucker, Denis Ménochet, Thomas Gioria e Mathilde Auneveux integram o elenco.  PÚBLICO



17 Maio 2018

Quinta-feira - Sessão #1407
21h45 Cine-Teatro Garrett
Ramiro (2017)
de Manuel Mozos
com António MortáguaMadalena AlmeidaFernanda NevesVítor Correia
99min, POR
Drama, M/12
crítica: Público [LMO], Público [VC], Público [JM], À Pala de Walsh


Ramiro é um alfarrabista que, depois de escrever um livro que se tornou um êxito, entrou em crise de inspiração. Passaram-se anos e ainda não encontrou forma de passar para a escrita as ideias que tem para uma segunda obra. Sem família, passa os dias entre a sua pequena loja, situada num dos bairros mais populares de Lisboa, e as saídas à noite com alguns amigos de copos. Mas as pessoas de quem se sente mais próximo são as vizinhas Daniela e Amélia. A primeira é uma adolescente despreocupada que está grávida; a segunda é a alegre avó de Daniela, que sofreu recentemente um AVC e se encontra em fase de recuperação. E a colorir um pouco mais a monotonia da vida de Ramiro há também Patrícia, uma rapariga simpática que há muito está apaixonada por ele... Produzido pela O Som e a Fúria, uma comédia realizada por Manuel Mozos ("Xavier", "Ruínas", "João Bénard da Costa: Outros Amarão as Coisas Que Eu Amei"), segundo um argumento de Telmo Churro e Mariana Ricardo. Filme de abertura na 15.ª edição do Doclisboa (mesmo sendo uma obra de ficção), "Ramiro" conta com as actuações de António Mortágua, Fernanda Neves, Madalena Almeida e Sofia Marques, entre outros. PÚBLICO


10 Maio 2018

Quinta-feira - Sessão #1406
21h45 Cine-Teatro Garrett

A Paxião de Van Gogh (2017) - Loving Vincent
de Dorota KobielaHugh Welchman
com Saoirse Ronan (Voz)Jerome Flynn (Voz)Aidan Turner (Voz)
95min, GB/POL
Animação/ Biografia
crítica: Público [JM], SLANTNY timesThe Guardian


Este "biopic" sobre Vincent Van Gogh apresenta-se como a primeira longa-metragem "completamente pintada do mundo". Para animar o filme, foram pintados e repintados 853 quadros a óleo, feitos por mais de 100 artistas diferentes, a partir de 130 obras do lendário pintor holandês. Ao todo, 65 mil fotogramas. A história foca-se mais na morte do que na vida do artista, com a acção a desenrolar-se um ano após a sua morte e pessoas a tentarem perceber o que é que aconteceu ao certo a Van Gogh. Um filme de Hugh Welchman, o animador britânico responsável pela BreakThru Films, produtora que ganhou um Óscar pela curta Pedro e o Lobo em 2006, e da sua esposa, a polaca Dorota Kobiela, que no currículo o filme familiar The Flying Machine, nunca saído em Portugal. Robert Gulaczyk, actor polaco conhecido pelo trabalho no teatro e com pouco créditos no cinema, dá voz ao torturado Van Gogh, num elenco que inclui também Douglas Booth, Jerome Flynn, Saoirse Ronan e Chris O’Dowd. PÚBLICO