domingo, 29 de abril de 2018

Programação Maio 2018

3 Maio
Olhares, Lugares (2017) - Visages Villages
de JRAgnès Varda



10 Maio
A Paixão de Van Gogh (2017) - Loving Vincent
de Dorota KobielaHugh Welchman




17 Maio
de Manuel Mozos




24 Maio
Custódia Partilhada (2018) - Jusqu'à la garde
de Xavier Legrand




30 Maio
O Capitão (2017) - Der Hauptmann
de Robert Schwentke



30 Maio 2018

Quarta-feira - Sessão #1409
21h45 Cine-Teatro Garrett
O Capitão (2017) - Der Hauptmann
de Robert Schwentke
com Max HubacherMilan PeschelFrederick Lau
118min, POR/POL/ALE/FRA
Drama/Histórico, M/16
crítica: Público [LMO], Hollywood ReporterScreenDaily
Ano de 1945. Com a chegada dos Aliados, a guerra na Europa está a prestes chegar ao fim. Vários soldados alemães, conscientes da derrota, optam por desertar. Um deles é Willi Herold, de 19 anos. Na sua fuga, o rapaz depara-se com um automóvel abandonado onde encontra uma mala com um uniforme de capitão. Ao vesti-lo, assume a personagem que o representa, sentindo o poder e o estatuto que lhe estão inerentes. É então que, reunindo um grupo de desertores, inicia uma vaga de assassinatos e saques sem misericórdia por todos os lugares por onde passa... Estreado no Festival de Cinema de Toronto, um filme biográfico quase totalmente a preto e branco, realizado pelo alemão Robert Schwentke ("Pânico a Bordo", "A Mulher do Viajante no Tempo", "Red: Perigosos", "Insurgente", "Da Série Divergente: Convergente"), sobre a verdadeira história de Willi Herold, um alemão julgado por crimes de guerra. Este filme é uma co-produção entre a Alfama Films de Paulo Branco, a alemã Filmgalerie 451 e a polaca Opus Film. PÚBLICO



24 Maio 2018

Quinta-feira - Sessão #1408
21h45 Cine-Teatro Garrett

Custódia Partilhada (2018) - Jusqu'à la garde
de Xavier Legrand
com Léa DruckerDenis MénochetThomas GioriaMathilde Auneveux
93min, FRA
Drama, M/12
crítica: The GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de Walsh


Depois de uma separação particularmente difícil, Miriam e Antoine estão a finalizar o processo de divórcio. Têm dois filhos em comum: Joséphine, já com 18 anos, e Julien, de apenas 11. De modo a garantir a segurança dos filhos, uma vez que existe historial de violência por parte do ex-marido, Miriam pede custódia total do mais novo, algo de que Antoine discorda totalmente. Apesar dos argumentos dela e de uma carta à juíza em que Julien explica os motivos de não querer ficar aos cuidados do pai, a magistrada intercede a favor de Antoine e opta pela guarda partilhada. Usado como arma de arremesso por ambos os progenitores, o rapaz tentará encontrar um modo de evitar o pior… Um filme dramático escrito e realizado por Xavier Legrand (que aqui se estreia na longa-metragem mas que, em 2013, foi nomeado para um Óscar pela curta "Avant que de tout perdre"). Os actores Léa Drucker, Denis Ménochet, Thomas Gioria e Mathilde Auneveux integram o elenco.  PÚBLICO



17 Maio 2018

Quinta-feira - Sessão #1407
21h45 Cine-Teatro Garrett
Ramiro (2017)
de Manuel Mozos
com António MortáguaMadalena AlmeidaFernanda NevesVítor Correia
99min, POR
Drama, M/12
crítica: Público [LMO], Público [VC], Público [JM], À Pala de Walsh


Ramiro é um alfarrabista que, depois de escrever um livro que se tornou um êxito, entrou em crise de inspiração. Passaram-se anos e ainda não encontrou forma de passar para a escrita as ideias que tem para uma segunda obra. Sem família, passa os dias entre a sua pequena loja, situada num dos bairros mais populares de Lisboa, e as saídas à noite com alguns amigos de copos. Mas as pessoas de quem se sente mais próximo são as vizinhas Daniela e Amélia. A primeira é uma adolescente despreocupada que está grávida; a segunda é a alegre avó de Daniela, que sofreu recentemente um AVC e se encontra em fase de recuperação. E a colorir um pouco mais a monotonia da vida de Ramiro há também Patrícia, uma rapariga simpática que há muito está apaixonada por ele... Produzido pela O Som e a Fúria, uma comédia realizada por Manuel Mozos ("Xavier", "Ruínas", "João Bénard da Costa: Outros Amarão as Coisas Que Eu Amei"), segundo um argumento de Telmo Churro e Mariana Ricardo. Filme de abertura na 15.ª edição do Doclisboa (mesmo sendo uma obra de ficção), "Ramiro" conta com as actuações de António Mortágua, Fernanda Neves, Madalena Almeida e Sofia Marques, entre outros. PÚBLICO


10 Maio 2018

Quinta-feira - Sessão #1406
21h45 Cine-Teatro Garrett

A Paxião de Van Gogh (2017) - Loving Vincent
de Dorota KobielaHugh Welchman
com Saoirse Ronan (Voz)Jerome Flynn (Voz)Aidan Turner (Voz)
95min, GB/POL
Animação/ Biografia
crítica: Público [JM], SLANTNY timesThe Guardian


Este "biopic" sobre Vincent Van Gogh apresenta-se como a primeira longa-metragem "completamente pintada do mundo". Para animar o filme, foram pintados e repintados 853 quadros a óleo, feitos por mais de 100 artistas diferentes, a partir de 130 obras do lendário pintor holandês. Ao todo, 65 mil fotogramas. A história foca-se mais na morte do que na vida do artista, com a acção a desenrolar-se um ano após a sua morte e pessoas a tentarem perceber o que é que aconteceu ao certo a Van Gogh. Um filme de Hugh Welchman, o animador britânico responsável pela BreakThru Films, produtora que ganhou um Óscar pela curta Pedro e o Lobo em 2006, e da sua esposa, a polaca Dorota Kobiela, que no currículo o filme familiar The Flying Machine, nunca saído em Portugal. Robert Gulaczyk, actor polaco conhecido pelo trabalho no teatro e com pouco créditos no cinema, dá voz ao torturado Van Gogh, num elenco que inclui também Douglas Booth, Jerome Flynn, Saoirse Ronan e Chris O’Dowd. PÚBLICO



3 Maio 2018

Quinta-feira - Sessão #1405
21h45 Cine-Teatro Garrett

Olhares Lugares (2017) - Visages Villages
de JRAgnès Varda
com Jean-Paul Beaujon, Amaury Bossy, Yves Boulen 
89min, FRA
Documentário, M/12
Vencedor do prémio "L'Oeil d'Or" no Festival de Cinema de Cannes
crítica: SLANTNY timesThe GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de Walsh

O que têm em comum Agnès Varda, cineasta de 89 anos, e JR, fotógrafo e "street artist" de 34? Acima de qualquer outra coisa, a paixão pelas imagens. Quando se encontram pela primeira vez, percebem o sentido de um projecto a quatro mãos. Com isso em mente, fazem-se à estrada dentro da carrinha dele, percorrendo os caminhos secundários de França, onde se vão deparando com uma enorme variedade de pessoas e histórias. Os rostos delas são posteriormente convertidos em grandes painéis nas paredes de fábricas, muros ou casas. No percurso, uma amizade terna e quase mágica vai crescendo entre os dois… Agnès Varda ("Sem Eira nem Beira", "Os Respigadores e a Respigadora", “As Praias de Agnes") e JR ("Women Are Heroes - O Documentário", "Ellis") realizam assim este divertido documentário que arrecadou o prémio "L'Oeil d'Or" no Festival de Cinema de Cannes e que se encontra nomeado para um Óscar na categoria de Melhor Documentário. O filme – assim como as suas personagens –, é acompanhado pela música do cantor, compositor, produtor e guitarrista francês Matthieu Chedid. PÚBLICO



terça-feira, 3 de abril de 2018

Programação Abril 2018

5 Abril
de Pedro Cabeleira



12 Abril
de Sean Baker



19 Abril
de Andrey Zvyagintsev


26 Abril
de Greta Gerwig








26 Abril 2018

Quinta-feira - Sessão #1404
21h45 Cine-Teatro Garrett
Lady Bird (2017)
de Greta Gerwig
com Saoirse RonanLaurie MetcalfTracy LettsLucas Hedges
94min, EUA
Comédia Dramática, M/14
crítica: Público [LMO], SLANTNY timesThe GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de Walsh

EUA, 2002. A terminar o liceu, Christine McPherson – ou Lady Bird, como prefere ser chamada – mal pode esperar por entrar na faculdade, de preferência bem longe de Sacramento (Califórnia), a cidade de onde nunca saiu. A mãe, uma enfermeira incansável que se desdobra em empregos para pagar as despesas familiares, acha a ideia absurda e despropositada. Contudo, determinada a conquistar o mundo a qualquer custo, Lady Bird não deixa de lutar para concretizar esse sonho. Enquanto Setembro não chega, ela vai vivendo o dia-a-dia com a naturalidade própria da adolescência, entre amores, desamores, conflitos e reconciliações… Uma comédia dramática sobre as dores do crescimento que marca a estreia na realização da actriz Greta Gerwig. "Lady Bird" foi nomeado para cinco das principais categorias dos Óscares: Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Argumento, Melhor Actriz Principal e Secundária. PÚBLICO



19 Abril 2018

Quinta-feira - Sessão #1403
21h45 Cine-Teatro Garrett
Loveless (2017) - Sem Amor
de Andrey Zvyagintsev
com Maryana SpivakAleksey RozinMatvey Novikov
127min, RUS/BEL/Afeganistão/ALE/FRA
Drama, M/14
crítica: Público [LMO], SLANTNY timesThe GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de Walsh

Depois de mais de uma década de vida em comum, Boris e Zhenya (Alexey Rozin e Maryana Spivak) atravessam um doloroso processo de divórcio. A prendê-los está apenas a mágoa, a raiva mútua e Alyosha (Matvey Novikov), o filho de 12 anos, que nunca foi desejado ou verdadeiramente amado por nenhum deles. Boris e Zhenya estão ansiosos por abandonar o casamento e recomeçar a sua vida: ele com a nova namorada; ela com seu parceiro rico. Nenhum parece importar-se com a tutela de Alyosha. Até que, um dia, o rapaz desaparece sem deixar rasto… Nomeado para o Óscar de Melhor Filme, uma história dramática que, tal como o nome indica, fala sobre o vazio de afectos. A realização cabe ao multipremiado cineasta russo Andrey Zvyagintsev, responsável por "O Regresso" (2003), que lhe valeu o Leão de Ouro no Festival de Veneza; "Elena" (2011), Prémio Especial do Júri no Festival de Cinema de Cannes; ou "Leviatã" (2014), que ganhou o Prémio de Melhor Argumento em Cannes, venceu o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e foi nomeado para um Óscar na mesma categoria. PÚBLICO



12 Abril 2018

Quinta-feira - Sessão #1402
21h45 Cine-Teatro Garrett
The Florida Project (2017)
de Sean Baker
com Brooklynn PrinceBria VinaiteWillem DafoeValeria Cotto
111min, EUA
Drama, M/14
crítica: Público [JM], Público [LMO], SLANTNY timesThe GuardianSIGHT n' SOUNDÀ Pala de Walsh

Florida, EUA. Moonee tem seis anos e vive com Halley, a mãe, num motel de beira de estrada próximo do parque da Walt Disney. Ela é alegre e inteligente e os seus dias são passados a brincar com as crianças que ali habitam; já Halley é uma jovem inconsequente que sobrevive graças a subsídios estatais e alguns biscates mais ou menos legais. Mas é Bobby, o gerente, quem vai garantindo a segurança necessária àquele pequeno grupo de crianças, que o olham como se de um verdadeiro pai se tratasse… Estreado no Festival de Cinema de Cannes, um filme dramático escrito e realizado por Sean Baker ("Tangerine"). No elenco participam os actores Brooklynn Prince, Christopher Rivera, Valeria Cotto, Aiden Malik, Bria Vinaite e Willem Dafoe, entre outros. PÚBLICO