segunda-feira, 2 de abril de 2012

5 Abril 2012

Quinta-feira - Sessão #1162
21h45 Auditório Municipal


A Pele Onde Eu Vivo - La piel que habito (2011)
de Pedro Almodóvar
com Antonio Banderas, Elena Anaya, Jan Cornet
117 min, Espanha
Nomeado para Melhor Filme Estrangeiro Golden Globes 2012 
Vencedor 4 Prémios Goya (Academia Espanhola)
Selecção Oficial Festival Cannes 2011
crítica: RogerEbert, EyeForFilm, Slant, Ípsilon


sinopse:
Desde que a sua mulher ficou queimada num acidente de automóvel que o Dr. Robert Ledgard, um eminente cirurgião plástico, se interessa pela criação de uma nova pele, com a qual ele a poderia ter salvo. Ao fim de doze anos, conseguiu gerar no seu laboratório uma pele que é sensível a carícias, mas um verdadeiro escudo contra todo o tipo de agressões, externas e internas, às quais o nosso mais extenso órgão é sujeito. Para a obter, usou todas as possibilidades fornecidas pela terapia celular. Mas para além de anos de estudo e experimentação, Robert necessitava de uma cobaia humana, um cúmplice e nada de escrúpulos. Escrúpulos nunca foram um problema, não faziam parte do seu carácter. Marilia, a mulher que toma conta dele desde o dia em que nasceu, é a sua mais fiel cúmplice. Quanto à cobaia humana... Todos os anos, dezenas de jovens de ambos os sexos desaparecem de casa, em muitos casos de livre vontade. Um deles acabará por partilhar a esplêndida mansão de El Cigarral com Robert e Marilia, mas sem ser de livre vontade...


Sem comentários: