segunda-feira, 23 de abril de 2012

Maio 2012


Programação Maio 2012

3 Maio
A Pele Onde Eu Vivo
de Pedro Almodóvar


10 Maio
Uma Separação
de Asghar Farhadi


17 Maio
Rafa (2012)
de João Salaviza
+
Nana (2011)
de Valerie Massadian



24 Maio
Esplendor na Relva (1961)
de Elia Kazan


31 Maio
Le Havre
de Aki Kaurismäki

17 Maio 2012

Quinta-feira - Sessão #1166
21h45 Auditório Municipal

Rafa
de João Salaviza
+
Nana
de Valerie Massadian

Rafa (2012)
de João Salaviza
com Rodrigo Perdigão, Joana de Verona, Nuno Bernardo
25 minutos, Portugal
Vencedor Leão de Ouro Festival Berlim 2012


sinopse:
Rafa é a história de um rapaz que às seis da manhã descobre que a mãe está detida pela Polícia. Na mota de um amigo, cruza a ponte e vai a uma esquadra no centro de Lisboa para visitá-la e esperar pela sua libertação. As horas passam. E Rafa não quer voltar para casa sozinho.


Nana (2011)
de Valerie Massadian
com Kelyna Lecomte, Marie Delmas
68 min, França
Leopardo de Ouro - Melhor Primeira Obra no Festival de Locarno


sinopse:
Nana é a história de uma menina de quatro anos que vive numa casa de pedra perto da floresta. Um dia, ao regressar da escola, encontra apenas silêncio em casa. Uma viagem à noite da sua infância. O mundo à sua altura.

24 Maio 2012

Quinta-feira - Sessão #1168
21h45 Auditório Municipal 



Esplendor na Relva - Splendor in the Grass (1961)
de Elia Kazan
com Natalie Wood, Warren Beatty, Pat Hingle, Barbara Loden
124 min, EUA
Vencedor Oscar Melhor Argumento 1962
crítica: RottenTomatoes, Slant, FilmCritic.com, FilmSite


Sinopse:
Bud Stamper e Deanie Loomis são um casal de estudantes apaixonados que vivem no estado do Kansas no final da década de 1920. De acordo com as convenções sociais vigentes, o amor só poderá ser consumado após o casamento. O pai de Bud não aprova o casamento, obrigando-o a ir estudar para a Universidade de Yale, e sugere-lhe que encontre outra rapariga, o que deixa Deanie louca. Esta é internada numa instituição psiquiátrica, e Bud obedece ao pai, ingressando na universidade. Quando se dá o crash da Bolsa de Nova Iorque, em 1929, a situação atinge ambas as famílias, e os dois são obrigados a seguir diferentes caminhos.

31 Maio 2012

Quinta-feira - Sessão #1169
21h45 Auditório Municipal


Le Havre (2011)
de Aki Kaurismäki
com André Wilms, Blondin Miguel e Jean-Pierre Darroussin
93 min, Finlândia
Vencedor prémio FIPRESCI Festival Cannes 2012
crítica: IndieWire, EyeForFilm, Slant, Ipsilon


sinopse:
O filme conta a história de Marcel Marx, antigo escritor e conhecido boémio, que se retira para um exílio voluntário na cidade portuária de Le Havre, onde se sente mais próximo das pessoas ao servi-las na nobre, mas pouco lucrativa, profissão de engraxador de sapatos. Enterrou os sonhos de um interregno literário e vive feliz no triângulo formado pelo seu bar favorito, o seu trabalho e a sua mulher Arletty, quando o destino subitamente coloca no seu caminho um jovem refugiado africano, menor de idade.
Como Arletty adoece gravemente na mesma altura e fica de cama, Marcel terá mais uma vez de se erguer contra a fria barreira da indiferença humana com a única arma de que dispõe: o seu optimismo inato e a constante solidariedade dos vizinhos, mas contra ele tem a máquina cega do aparelho do estado, aqui representada pelo cerco policial que pouco a pouco se vai fechando em volta do jovem refugiado. É tempo para Marcel polir os sapatos e arreganhar os dentes.


10 Maio 2012

Quinta-feira - Sessão #1165
 21h45 Auditório Municipal


Uma Separação - Jodaeiye Nader az Simin (2011)
de Asghar Farhadi
com Peyman Moaadi, Leila Hatami, Sareh Bayat
123 min, Irão
Vencedor Oscar Melhor Filme Estrangeiro 2012
crítica: RogerEbert, NY Times, EyeForFilm, Slant, Ipsilon


sinopse:
Nader e Simin querem divorciar-se e pretendem deixar o Irão, já que Simin deseja a todo o custo garantir um futuro melhor para a filha de ambos, Termeh. Nader está relutante, porque não quer deixar o seu pai, um idoso que sofre de Alzheirmer. A separação é negada pela justiça e quando a mulher o deixa, Nader contrata uma jovem mulher para cuidar do seu pai. Mas ele não sabe que a sua nova empregada não só está grávida, como também está a trabalhar sem a permissão do seu instável marido. Em consequência desta situação, Nader vê-se envolvido numa teia de mentiras, manipulação e confrontos em público.


3 Maio 2012

Quinta-feira - Sessão #1165
21h45 Auditório Municipal


A Pele Onde Eu Vivo - La piel que habito (2011)
de Pedro Almodóvar
com Antonio Banderas, Elena Anaya, Jan Cornet
117 min, Espanha
Nomeado para Melhor Filme Estrangeiro Golden Globes 2012 
Vencedor 4 Prémios Goya (Academia Espanhola)
Selecção Oficial Festival Cannes 2011
crítica: RogerEbert, EyeForFilm, Slant, Ípsilon


sinopse:
Desde que a sua mulher ficou queimada num acidente de automóvel que o Dr. Robert Ledgard, um eminente cirurgião plástico, se interessa pela criação de uma nova pele, com a qual ele a poderia ter salvo. Ao fim de doze anos, conseguiu gerar no seu laboratório uma pele que é sensível a carícias, mas um verdadeiro escudo contra todo o tipo de agressões, externas e internas, às quais o nosso mais extenso órgão é sujeito. Para a obter, usou todas as possibilidades fornecidas pela terapia celular. Mas para além de anos de estudo e experimentação, Robert necessitava de uma cobaia humana, um cúmplice e nada de escrúpulos. Escrúpulos nunca foram um problema, não faziam parte do seu carácter. Marilia, a mulher que toma conta dele desde o dia em que nasceu, é a sua mais fiel cúmplice. Quanto à cobaia humana... Todos os anos, dezenas de jovens de ambos os sexos desaparecem de casa, em muitos casos de livre vontade. Um deles acabará por partilhar a esplêndida mansão de El Cigarral com Robert e Marilia, mas sem ser de livre vontade...


terça-feira, 3 de abril de 2012

Abril 2012


segunda-feira, 2 de abril de 2012

Programação Abril 2012

5 Abril
A Pele Onde Eu Vivo
de Pedro Almodóvar


12 Abril
Crepúsculo dos Deuses (1950)
de Billy Wilder


19 Abril
Os Descendentes
de Alexander Payne


26 Abril
48
de Susana de Sousa Dias

26 Abril 2012

Quinta-feira - Sessão #1165
21h45 Auditório Municipal


48 (2011)
de Susana de Sousa Dias
93 min, Portugal
crítica: Ipsilon, Visão
entrevista à realizadora: Sapo.pt, RTP, Esquerda.net



sinopse:
Partindo de uma série de fotografias de prisioneiros políticos, Susana Sousa Dias ("Natureza Morta - Visages d''une Dictature") volta a centrar-se no período do Estado Novo e realiza um documentário sobre os 48 anos de ditadura em Portugal (1926-1974). Mostrando os rostos das vítimas da PIDE, pretende-se que o espectador observe cada imagem ouvindo, em voz off, o depoimento vivo da pessoa em questão, usando as pausas e os silêncios como meio de reflexão. Para Sousa Dias, o filme "procura operar na zona entre o que a fotografia mostra e o que ela não revela; mas também entre a analogia e a estranheza, o enunciado e o vivido, a imagem e a memória." [ Público ]

19 Abril 2012

Quinta-feira - Sessão #1164
21h45 Auditório Municipal


Os Descendentes - The Descendants (2011)
de Alexander Payne
com George Clooney, Shailene Woodley, Amara Miller
115 min, EUA
nomeado para 5 Oscares 2012
vencedor Oscar Melhor Argumento Adaptado 2012
crítica: RogerEbert, NY Times, EyeForFilm, Slant, Ípsilon


sinopse:
Matt King (George Clooney) sempre foi considerado um dos homens mais afortunados do Havai. Quando, após um acidente de barco, a sua mulher fica em estado vegetativo, tudo parece perder o sentido. Em desespero e sem saber o que fazer, decide investir na relação com as filhas Scottie (Amara Miller) e Alexandra (Shailene Woodley), com quem sempre manteve uma relação difícil. Tudo ganha novos contornos quando Alexandra lhe revela que, na altura do acidente, a sua mãe mantinha uma relação extra-conjugal com outro homem. Perturbado, Matt decide conhecer o amante da esposa e parte à sua procura com  ambas as filhas. Assim, numa dolorosa viagem que dura uma semana, o que aparentemente viria destruir aquela família, acabará por ser o elo de ligação que lhes faltava. Uma comédia dramática realizada por Alexander Payne ("As Confissões de Schmidt", "Sideways"), baseada na primeira obra da escritora Kaui Hart Hemmings. [ Público ]

12 Abril 2012

Quinta-feira - Sessão #1163
21h45 Auditório Municipal



Crepúsculo dos Deuses - Sunset Blvd (1950)
de Billy Wilder
com William Holden, Gloria Swanson, Erich von Stroheim
110 min, EUA
Vencedor 3 Oscares 1951
crítica: RogerEbert, NY Times, TheGuardian 


sinopse:
Na Hollywood da década de 50, Norma Desmond, uma estrela do cinema mudo cuja patética crença na sua indestrutibilidade a tornou numa demente. Reclusa na sua própria decadente mansão em Sunset Boulevard, onde vive apenas com o seu mordomo e antigo realizador e amante Max, Norma sonha com um regresso ao cinema, e inicia uma relação com o cínico aspirante a argumentista, Joe Gillis, que terá um desfecho sinistro.

5 Abril 2012

Quinta-feira - Sessão #1162
21h45 Auditório Municipal


A Pele Onde Eu Vivo - La piel que habito (2011)
de Pedro Almodóvar
com Antonio Banderas, Elena Anaya, Jan Cornet
117 min, Espanha
Nomeado para Melhor Filme Estrangeiro Golden Globes 2012 
Vencedor 4 Prémios Goya (Academia Espanhola)
Selecção Oficial Festival Cannes 2011
crítica: RogerEbert, EyeForFilm, Slant, Ípsilon


sinopse:
Desde que a sua mulher ficou queimada num acidente de automóvel que o Dr. Robert Ledgard, um eminente cirurgião plástico, se interessa pela criação de uma nova pele, com a qual ele a poderia ter salvo. Ao fim de doze anos, conseguiu gerar no seu laboratório uma pele que é sensível a carícias, mas um verdadeiro escudo contra todo o tipo de agressões, externas e internas, às quais o nosso mais extenso órgão é sujeito. Para a obter, usou todas as possibilidades fornecidas pela terapia celular. Mas para além de anos de estudo e experimentação, Robert necessitava de uma cobaia humana, um cúmplice e nada de escrúpulos. Escrúpulos nunca foram um problema, não faziam parte do seu carácter. Marilia, a mulher que toma conta dele desde o dia em que nasceu, é a sua mais fiel cúmplice. Quanto à cobaia humana... Todos os anos, dezenas de jovens de ambos os sexos desaparecem de casa, em muitos casos de livre vontade. Um deles acabará por partilhar a esplêndida mansão de El Cigarral com Robert e Marilia, mas sem ser de livre vontade...